Fundamental Manutenção Sustentável
Tel: +55 31 2510-0070

Notícias

Home / Notícias / Agrícola

Diesel com mais biodiesel começa a ser vendido em postos de combustíveis

Os postos de combustíveis brasileiros passaram a venderem combustível diesel com adição de 6% de biodiesel desde o dia 1º. A decisão foi estabelecida por Medida Provisória nº 647, de 28 de maio de 2014, que ainda prevê a adição de 7% de biodiesel a partir de 1º de novembro de 2014. A nova mistura permitirá o pleno uso da capacidade de produção de biodiesel no País e beneficiará agricultores familiares, com geração de renda. Atualmente, cerca de 73% das matérias-primas utilizadas na fabricação do biocombustível são soja, cultivada por pequenos, médios e grandes agricultores. Em segundo lugar está o sebo bovino (22%). As demais matérias-primas são óleos de algodão, fritura, girassol e outros. O Brasil dispõe hoje de 57 unidades em condições de processar cerca de 7,5 bilhões de litros de biodiesel por ano. Cerca de cem mil famílias são contempladas pelo Programa Nacional de Biodiesel. O aumento da mistura também deverá posicionar o Brasil como 2º maior produtor mundial de biodiesel. Ainda em 2014, a produção brasileira deverá superar 3,4 bilhões de litros, ultrapassando a atual segunda colocada, a Alemanha (aproximadamente 3 bilhões). A consolidação definitiva ocorrerá em 2015, já com a adoção do B7. A expectativa é de que no próximo ano, a produção deverá passar de 4,4 bilhões de litros. Atualmente, o maior produtor é os Estados Unidos, com mais de 5 bilhões de litros por ano. O programa brasileiro para o biodiesel instituiu o percentual de 2% da mistura, em 2008, e, em 2010, subiu para 5%, depois disso não haviam ocorrido mudanças. Segundo dados do Ministério de Minas e Energia, cada ponto percentual a mais de biodiesel na mistura evita a importação de aproximadamente 600 milhões de litros de óleo diesel por ano, o que, a preços atuais, representa uma economia direta de quase US$ 500 milhões. Fonte: AGRONEWS